Roberto Corrêa dos Santos: Últimas notas sobre o grande vidro

Texto: Alberto Saraiva





Roberto Corrêa dos Santos é poeta. Publicou diversos livros relacionados à Teoria da literatura,à Semiologia,à Critica Literária bem como à Critica de Arte. Atualmente, vem elaborando estudos sobre Teoria da Arte e vem elaborando diversas obras entendidas no campo das artes visuais como livros-de-artista. Sua poesia é um istmo que ecoa entre o livro e o espaço físico, onde o texto solicita o espaço e livro torna-se objeto ou o objeto solicita o texto e torna-se livro. Trata-se de uma obra que nos ajuda a entender que poesia visual é um equivalente da poesia em verso ou prosa. Neste sentido, sua participação neste projeto é fundamental, porque nos apresenta em termos absolutos o potencial permanente da poesia brasileira. Últimas Anotações Sobre o Grande Vidro é desdobramento de um grande poema seu em forma de livro dedicado a Duchamp e ao seu “Grande Vidro  ou A Noiva Despida Por Seus Celibatários Mesmo”. Obra que tem sensibilizado grandes artistas a estabelecer um diálogo com Duchamp, caso de Octavio Paz. Roberto também se impôs esse desafio. Eis aqui o seu Grande Vidro.

créditos da exposição

Curadoria: Aberto Saraiva
Coordenação geral: Nelson Ricardo Martins
Produção executiva: Lisiane Mutti
Designer: Lu Martins
Arquitetura: Ricardo Azevedo
Assistência de produção: Monique Anny
Iluminação: Carlos Lafert

 

Patrocínio

Realização

Apoio cultural

Realização

CONECTE-SE

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon

Fase 10 Produções Artísticas e Editora Ltda EPP

Rua Evaristo da Veiga, 35 / sala 1008 

  Rio de Janeiro - RJ - Brasil  Cep. 20031-040

CNPJ: 40.255.762/0001-53

Tel/whatsapp: 21-991375591

© 2020 todos os direitos reservados